Automóvel

Sinistros

Em caso de acidente automóvel deverá obter, no local do acidente, os seguintes elementos:

  • Identificação dos condutores envolvidos;
  • Identificação das viaturas envolvidas;
  • Identificação dos Seguros (número das apólices e nome da Seguradora);
  • Identificar as testemunhas e recolher os seus contactos;
  • Se for possivel chegar a acordo sobre a forma como ocorreu o acidente, os condutores devem preencher a mesma Declaração Amigável de Acidente Automóvel (DAAA). Cada condutor deve ficar com um exemplar e entregar ao seu Corretor;
  • Sempre que possível deve tirar fotografias dos danos e do local do acidente
  • Se nao for possível chegar a acordo sobre o modo como ocorreu o acidente e/ou existam danos/lesões corporais, deve-se solicitar a presença da Polícia.

Para preencher a Declaração Amigável não é necessário que qualquer dos condutores se declare culpado.

A entrega da DAA é no entanto essencial para o funcionamento do sistema IDS - Indemnização Directa ao Segurado, o que acelera a regularização do sinistro, na medida em que cada Segurado lida directamente com o seu próprio Segurador, que se encarrega de regularizar o sinistro, o que representa uma importante vantagem.

Para que o sistema IDS funcione, torna-se necessário:

  • DAAA correctamente preenchida e assinada por ambos os intervenientes;
  • Estejam envolvidos apenas duas viaturas;
  • Tenha havido um choque directo entre elas;
  • O acidente tenha ocorrido em Portugal;
  • Não existam danos corporais;
  • Os danos materiais não sejam superiores a 15.000€ por veículo.